X
Energia e ambiente
  • COMPOSE
  • Por um Turismo Sustentável
  •  3S+LED
  • GEEPMEs
  • ROTA OAU
  • RecOil
  • TUTORES DE ENERGIA NA ESCOLA
  •  Young Energy Leaders
  • YAECI
  • VAGB
  • ECOLUX
  • A Batalha da Energia
  • PROMOTION 3e
  • EcoSave
  • Cadastro IP
  • Eficiência Energética nos Municípios
  • EDIFÍCIO ++

 

 

Por um Turismo Sustentável

 

 

Promoção da Eficiência no Consumo de energia elétrica, aprovado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos

 

 

1.     Enquadramento

A medida “Por um Turismo Sustentável” é financiada pelo Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC), um Programa gerido pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), que tem como objetivo a promoção de medidas que visam melhorar a eficiência no consumo através de ações empreendidas por promotores elegíveis, sendo destinadas aos consumidores dos diferentes segmentos de mercado – Indústria e Agricultura, Comércio e Serviços e Residencial.

 

2.     Conceito

 Sendo a eletricidade da rede a principal fonte de energia em 99% dos empreendimentos turísticos  (Turismo de Portugal, 2013), a medida propõe a realização de um diagnóstico energético em 20 empreendimentos turísticos – estabelecimentos hoteleiros, com classificação igual ou superior a 3 estrelas, avaliando a relação existente entre as atividades desenvolvidas e o consumo de energia, de onde resultará um plano de ação ao nível da performance energética, identificando e quantificando simultaneamente o potencial de redução, plano este que será implementado entre 6 a 12 meses, ao longo dos quais se proporcionará simultaneamente formação/sensibilização dos gestores e principais responsáveis, visando quer a aquisição de conhecimentos ao nível da utilização eficiente da energia elétrica, quer ao nível na capacidade de influenciar o comportamento individual dos turistas.

 

3.     Objetivos

  A implementação da medida “Por um Turismo Sustentável” pretende:

 - Garantir que, até final de 2018, 40% das empresas hoteleiras participantes recorre a formas  alternativas de energia;

 - Reduzir a faturação mensal de energia elétrica em 15%, até 2018, comparativamente aos valores de 2015, aumentando a eficiência energética;

 - Reduzir as emissões de CO2 em 15%, até 2018, comparativamente a 2015;

 - Potenciar parcerias e plataformas colaborativas facilitadoras da implementação de medidas de sensibilização energética;

 - Desenvolver um guia de boas práticas que sirva de ferramenta de benchmarking;

 - Desenvolver uma aplicação mobile que impulsione os turistas à adoção de práticas e comportamentos eficientes em termos de consumo de energia;

 - Desenvolver uma etiqueta / rótulo indicadora de sustentabilidade energética;

 - Diminuir a dependência energética do exterior em termos de energia primária;

 - Promover a mudança de atitudes e comportamentos nas organizações, que se traduzam em hábitos de consumos mais eficientes;

 - Promover a mudança de atitudes e comportamentos nos clientes / turistas, que se traduzam em hábitos de consumo mais eficientes;

 - Implementar e monitorizar planos de racionalização energética.

 

4.     Promotor e Parceiros

  Promotor:ENA – Agência de Energia e Ambiente da Arrábida

        Parceiros:AHP – Hotelaria de Portugal

 

5.     Público - Alvo

  Empresas do setor Hoteleiro.

 

6.     Prazo de Implementação

  Início em 01-01-2017 e conclusão em 31-12-2018.

 

7.     Orçamento total do projeto

  241.356,00 €